Seminário Segurança e Saúde no Trabalho

Apresentação

Bem-vindos ao Seminário “Segurança e Saúde no Trabalho”, cujo tema central deste ano é “Como Promover a Saúde Mental no Trabalho”. Este evento, que acontecerá nos dias 26, 27, 28 e 29 de agosto, é uma iniciativa essencial para discutirmos e aprofundarmos nosso entendimento sobre a saúde e segurança no ambiente de trabalho, com ênfase nos aspectos psicológicos e psicossociais.

A cada dia, enfrentamos desafios significativos no ambiente laboral que afetam diretamente a saúde mental e o bem-estar dos trabalhadores. Portanto, este seminário tem como principal objetivo capacitar servidores e gestores para desenvolver estratégias eficazes que promovam um ambiente de trabalho seguro, que valorize a qualidade de vida, o desempenho, a saúde mental e o desenvolvimento humano, especialmente no setor público.

Nosso conteúdo programático está repleto de tópicos relevantes e atuais, incluindo a identificação e gestão dos riscos psicossociais, a importância das organizações saudáveis, estatísticas sobre doenças mentais relacionadas ao trabalho e estratégias de promoção do bem-estar psicológico. Teremos a honra de contar com facilitadores altamente qualificados, que trarão suas vastas experiências e conhecimentos para enriquecer nossas discussões.

Além disso, abordaremos temas como a ergonomia no trabalho remoto e a implementação de políticas de segurança e saúde no trabalho. Esses painéis são fundamentais para compreendermos os desafios e caminhos estratégicos para criar ambientes laborais mais saudáveis e produtivos.

Esperamos que cada palestra, discussão e atividade proposta aqui ofereça insights valiosos e inspire ações concretas que contribuam para a melhoria contínua da segurança e saúde no trabalho.

Objetivo

O objetivo deste seminário é discutir a saúde e segurança no trabalho, com um foco especial nos aspectos psicológicos e psicossociais que impactam diretamente o bem-estar dos trabalhadores. Pretende-se capacitar servidores e gestores para desenvolverem e implementarem estratégias que promovam um ambiente de trabalho seguro e saudável, abrangendo a qualidade de vida, o desempenho profissional, a saúde mental e o desenvolvimento humano, especialmente no contexto da administração pública. Ao abordar temas como os riscos psicossociais, a ergonomia no trabalho remoto, e a relação entre engajamento e burnout, o seminário busca fornecer insights valiosos e práticos que possam ser aplicados no dia a dia das organizações, contribuindo para a criação de ambientes laborais mais saudáveis e produtivos.

Outras informações

O público-alvo deste seminário é composto por servidores públicos, gestores, profissionais de Recursos Humanos, especialistas em segurança e saúde no trabalho, psicólogos organizacionais e demais interessados na promoção da saúde mental e bem-estar no ambiente laboral. Esses profissionais desempenham papéis cruciais na administração pública e nas organizações, sendo responsáveis por implementar e desenvolver estratégias que garantam um ambiente de trabalho saudável e seguro. O seminário visa equipá-los com conhecimentos e ferramentas práticas para enfrentar os desafios relacionados à saúde psicológica e psicossocial no trabalho, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de vida e desempenho dos trabalhadores.

Conteúdo Programático

OBJETIVO

Discutir a saúde e segurança no trabalho, ressaltando os aspectos psicológicos e psicossociais. Capacitar servidores e gestores para desenvolver estratégias que promovam um meio ambiente de trabalho seguro, que contemple qualidade de vida, bem-estar, desempenho, saúde mental e desenvolvimento humano na administração pública.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Organizações saudáveis e não-saudáveis: a relevância dos aspectos psicossociais;
  • Riscos psicossociais organizacionais (RPOs) para saúde do trabalhador.
  • Para além da estrutura física: principais fatores de risco psicossocial no ambiente de trabalho (carga/condições de trabalho, controle sobre o trabalho, relações de trabalho, a gestão e as organizações de trabalho, etc.).
  • Estatísticas sobre doenças mentais relacionadas ao trabalho.
  • Como identificar os riscos psicossociais no serviço público: indicadores de meio de ambiente de trabalho saudáveis;
  • Fatores que contribuem para o estresse no ambiente de trabalho.
  • Consequências do estresse e da saúde mental precária para o trabalhador e organizações.
  • Promovendo bem-estar psicológico e cultura da segurança psicológica no trabalho: liderança, comunicação, pertencimento, colaboração, apoio social e cultura organizacional.
  • Primeiros socorros psicológicos em emergências e desastres: Modelos de Intervenção: modelo RAPID-PFA Reflective Listening, Assessment, Prioritization, Intervention and Disposition – Psychological First Aid; elementos nucleares dos primeiros socorros psicológicos; assistência em saúde mental em situações de crisel; avaliação de riscos psicológicos; estratégias de enfrentamento baseada em evidências; técnicas de abordagem individual e coletiva, comunicação para crise; Modelos de Intervenção: o modelo RAPID-PFA; o que fazer e o que não fazer, recomendações do CFP.

OBJETIVO

  • Discutir burnout no trabalho, a partir do Modelo Demandas e Recurso no trabalho.
  • Capacitar profissionais da administração pública para desenvolver competências de gerenciamento do burnout no trabalho.

SÍNTESE DAS DISCUSSÕES

  • Síndrome de burnout: definição, mensuração e suas consequências;
  • Modelo Demandas e Recursos no Trabalho: aspectos ascendentes e descendentes
  • A taxonomia da energia mental e os fenômenos relacionados ao burnout
  • Redesenho do trabalho, engajamento e neurociência como estratégias de gerenciamento de burnout
  • Elaboração de apresentação a ser utilizada em seminário relativo ao tema “Segurança e Saúde no Trabalho”, no que couber ao proponente;
  • Apresentação online em data e horário a serem definidos, pelo período de 2 horas, com o escopo abaixo:
    • Ergonomia no trabalho remoto:
      • Ergonomia – definições e conceitos;
      • Teletrabalho – regulamentação e regras aplicadas à ergonomia;
      • Sinais, sintomas e estatísticas de afastamentos e adoecimentos;
      • Legislação aplicada à ergonomia;
      • Fatores de risco e medidas preventivas relativas à ergonomia no trabalho remoto;

OBJETIVO

  • Apresentar, de forma sintética, os conceitos acerca da política de gestão de pessoas com ênfase na segurança e saúde do trabalhador;
  • Apresentar os princípios fundamentais de segurança e saúde no trabalho;
  • Identificar os desafios atuais das organizações para implementar a política de segurança e saúde no trabalho;
  • Estudar os principais indicadores estratégicos impactados pela implementação da política de segurança e saúde no trabalho;
  • Explorar estratégias que são efetivas para implementação da política de segurança e saúde no trabalho
  • Compreender o papel da liderança no segurança e saúde no trabalho.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Política de gestão de pessoas;
  • Política de segurança e saúde do trabalhador;
  • Princípios fundamentais de segurança e saúde no trabalho;
  • Indicadores estratégicos relacionados à segurança e saúde no trabalho;
  • Estratégias de implementação da política de segurança e saúde no trabalho;
  • Liderança e o desafio do equilíbrio entre resultados e a saúde do trabalhador.

INVESTIMENTO

R$ 1.790,00

*Por inscrição
Selecione o número de inscrições acima e clique no botão "Inscreva-se".

Data:
26 a 29 de agosto de 2024

Carga horária:
16 horas-aula

Horário:
14h às 18h

Indique o Curso:

Investimento

R$ 1.790,00

*Por inscrição
Insira o número de inscrições no campo branco abaixo e clique no botão “Inscrever-se”